30 de julho de 2005

Já fui preto, crônica do Jaguar

Em setembro de 88, pouco antes da Lei Caó, publiquei uma crônica na Folha da Tarde, de São Paulo. Martinho da Vila a incluiu – subida honra – no seu livro Kizombas, Andanças e Festanças.
Seguinte: vem aí a Lei Caó, que pune o racismo como crime inafiançável. Pra mim já vem tarde. É que me casei como uma preta. Tinha nome de preta, Maria Auxiliadora, profissão de preta, cozinheira, e endereço de preta, morava no Lote 15, em Caxias. Naquela época eu tinha um conhecido que recebia aos sábados na sua cobertura do Leblon. Artistas e intelectuais para falar mal do governo e tomar scotch com salgadinhos. Era a tal de open-house, nome que se dava à boca livre. Quando pintei lá pela primeira vez com a minha preta foi um frisson. Alta, chamava atenção pelo porte de princesa. Quando viram que era uma empregada doméstica que só tinha o curso primário foi um gelo. O dono da casa me puxou para um canto. “Ô Jaguar, apareça mas venha só, entendeu?” Entendi e mandei-o à merda. E olha que o cara, um famoso editor, era do Partidão. Ainda tentei forçar a barra, levando-a aos bares da moda. O pessoal fazia de conta que ela era a mulher invisível. Ela, por sua vez, achava um saco. Não entendia por que ficavam a noite toda discutindo Cinema Novo aos berros. No 706 teve um lance gozado. Fui ao banheiro e quando voltei ela me disse: “Aquele baixinho quis me beijar, dei um tapa nele.” O baixinho, que procurava os óculos, era Gato Barbieri. Também não deu certo levá-la aos ensaios da Quilombo. Ela não era boa de samba. Em matéria de música curtia Elton John e Benito de Paula. Fui atrás da turma dela em Caxias. Quando chegava, o papo esfriava, ficavam grilados com aquele ruço de olho azul. Discriminados por brancos e pretos. Acabamos isolados num apê no Leme. Bebendo a cerveja da solidão e a cachaça do tédio para rebater. Quando voltei de uma viagem a Cuba descobri que ela tinha me trocado por um carteiro. Preto. Foi assim que, depois desses anos, virei branco de novo.
Jaguar, Cartunista, humorista e boêmio, escreve às quartas no jornal O Dia

"Drops DULCORA"
















charge do Diário do Pará


Galinhas de briga - Em tempos bicudos, galinhas estão tomando o lugar dos machos, nas rinhas de galo. É o que conclui uma consumidora que esteve em loja de aves, na Feira da 25. Ao pedir uma galinha caipira, o vendedor indagou: “É pra briga ou pra comida?”. O paneiro com as galinhas de briga estava quase vazio, enquanto o das aves com destino à panela permanecia abastecido. A diferença aparente entre elas é o pescoço raspado. Se o cliente quiser, diz o vendedor, “a gente enfeita mais”. (fonte Reporter Diário, jornal Diário do Pará)

"A rigor o PT se comportava como se fosse o cisne no galinheiro: quem fazia a titica não era ele. E foi assim mesmo quando existiam os primeiros sinais de que assim não era. Ser petista virou quase sinônimo de puro e um passaporte para julgar os outros sem o mínimo de consideração pela verdade mesmo quando em seu nome." Silvio Persivo no site Rondonoticias

SÃO PAULO - A capital paulista tem hoje cerca de oito ratos por cada habitante, um número quase três vezes acima do que recomenda a Organização Mundial de Saúde (OMS), e tal situação disparou o alarme na Prefeitura de São Paulo. O problema é tão grave que já há quem defenda soluções radicais para combatê-lo. É o caso da sugestão feita nesta sexta-feira pelo subprefeito da Capela do Socorro, José Augusto da Silva Ramos, de que os moradores criem jibóias em suas casas. - Já estou inclusive pedindo uma ao Instituto Butatan para ensinar as pessoas como acondicionar e criar o animal - afirmou sem constrangimento algum o subprefeito, para em seguida criar o lema: "Adote uma jibóia de estimação para comer os ratos". fonte Globo online

"Foi-se o nosso Jair Rosa Pinto. Jajá, como gostava de ser chamado. Tudo já foi dito, todas as lágrimas derramadas. Resta-nos agradecer pelo carinho que nos dedicou, as graças que fazia, como ninguém, o futebol diferenciado, inigualável. Alguém vai para o banco no time do céu: chegou um titular absoluto." Nilton Santos, nosso eterno lateral, no Jornal dos Sports

"Causa mortis - Corre em Brasília o boato de que Michele, a cachorrinha do Lula, morreu de vergonha. Cá pra nós, faz sentido! Tutty Vasques no site Nominimo

"AGOSTO, MAIS UM MÊS DO DESGOSTO PARA A VIÚVA DE TONINHO DO PT E A FAMÍLIA DO CELSO DANIELIIA - viúva do ex-prefeito de Campinas Toninho do PT continua a tentar entregar a Lula um pedido de reabertura do inquérito policial sobre o assassinato do marido. Toninho do PT era adversário do Jacob Bittar, cujos filhos são sócios do filho de Lula no milionário negócio com o Grupo Telemar.
Outros na fila esperando justiça é a família do ex-prefeito petista de Santo André Celso Daniel, igualmente assassinado. O teólogo Gilberto Carvalho (ex-número 1 da administração Celso Daniel, atual número 1 do Governo Lula do PT). copiado do blog O CÉU DO NORTE

Reação da senadora Heloísa Helena, do P-Sol, ao saber que será processada pela colega petista Ideli Salvatti - a quem acusou de ''tomar porres de uísque com Delúbio Soares'':
- Pode vir bem quente que eu estou feito lava de vulcão... da coluna do Boechat no JB

28 de julho de 2005

Vamos beijar.... sem medo.

Cientistas isolam bactéria que combate mau hálito

Pesquisadores da universidade britânica Kings College dizem ter conseguido isolar um tipo de bactéria que pode acabar com o mau hálito.
O experimento pode ajudar no desenvolvimento de tratamentos para combater não só o mau hálito como outros odores corporais, como o chulé.
As substâncias que causam o mau hálito são produzidas por aminoácidos que contêm enxofre. Os cientistas isolaram as bactérias chamadas metilotróficas, que comem as substâncias que causam o odor bucal, da língua, das placas dentárias e da gengiva dos voluntários que participaram do estudo.
Até agora, essas substâncias malcheirosas não eram consideradas um parte normal do ambiente microbiótico que existe dentro da boca.
Os cientistas do Kings College, no entanto, não viram diferença entre os tipos de bactéria encontrados na boca de voluntários saudáveis e daqueles que sofrem de periodontite, uma infecção na gengiva associada com o mau hálito.
Os pesquisadores suspeitam que as pessoas que têm mau hálito tenham apenas níveis menores da bactéria que "come" as substâncias que causam o odor.
Hábitos
Mas a cientista responsável pela pesquisa, Ann Wood, explicou à BBC que certos hábitos também podem aumentar as chances de uma pessoa ter mau hálito.
"Má higiene oral leva à acumulação de materiais entre os dentes, cobrindo a língua com a deposição de placas. Tudo isso tende a aumentar o total de compostos (malcheirosos).
A equipe britânica já havia demonstrado que existem bactérias metilotróficas nos pés - onde derivados do enxofre também podem causar odores.
Ann Wood diz que pode ser possível desenvolver soluções bucais e pastas de dente que melhorem a atuação das bactérias metilotróficas.
As quantidades de bactérias bucais dependem de uma série de fatores, incluindo doenças da boca e do fígado e hábitos como alimentação e fumo.
Phil Stemmer, da organização Fresh Breath Centre (Centro para o Hálito Fresco, em tradução livre), em Londres, disse que a teoria de Wood parece promissora.
fonte BBCBrasil.com

A GENTE NÃO FAZ AMIGOS, RECONHECE AMIGOS

Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos. Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.
A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade.
E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos! Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências ...
A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem. Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida. Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar.
Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos. Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure. E às vezes, quando os procuro, noto que eles não tem noção de como me são necessários, de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente, construí e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.
Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado.
Se todos eles morrerem, eu desabo! Por isso é que, sem que eles saibam, eu rezo pela vida deles. E me envergonho, porque essa minha prece é, em síntese, dirigida ao meu bem estar. Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.
Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles. Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos, cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim, compartilhando daquele prazer.
Se alguma coisa me consome e me envelhece é que a roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado, morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo, todos os meus amigos, e, principalmente os que só desconfiam ou talvez nunca vão saber que são meus amigos!
A gente não faz amigos, reconhece-os.
Vinicius de Moraes
Obrigado, amigão Alcir.

Viva o Brasil e seu povo...

Brasil ganha medalha de ouro na Olimpíada Internacional de Matemática

O estudante paulista Gabriel Tavares Bujokas, de 17 anos, conquistou a medalha de ouro na 46ª edição da Olimpíada Internacional de Matemática (IMO), realizada entre os dias 8 e 19 desse mês, no México. A competição reuniu 532 jovens de 91 países e o brasileiro foi o único representante latino-americano a levar o ouro. O Brasil também ganhou uma medalha de bronze e duas menções honrosas.

A competição é considerada a mais importante da área pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). As provas envolveram disciplinas como álgebra, teoria dos números, geometria e combinatória. Gabriel obteve 37 pontos de um máximo de 42.
O Brasil participa da olimpíada desde 1979. Neste ano, teve uma equipe de seis estudantes. Quem escolhe os representantes brasileiros é o comitê da OBM, que há 27 anos organiza a competição entre estudantes dos ensinos fundamental (a partir da 5ª série), médio e universitário de todo o país.

Outro projeto que visa detectar precocemente talentos para a área matemática e científica e promover a melhoria do ensino é a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). A competição terá a primeira edição neste ano e avaliará quase 10,5 milhões de alunos de 31.731 escolas públicas, o que representa 52% do número total. Os estudantes de 5ª a 8ª séries e do ensino médio serão avaliados em duas fases: a primeira, marcada para 16 de agosto, é uma prova objetiva com 20 questões. A segunda, em 8 de outubro, será realizada apenas por 5% dos alunos que tiverem o melhor desempenho na 1ª fase. No dia 9 de novembro, será divulgada a lista dos premiados. Serão distribuídas 300 medalhas de ouro, 405 de prata, 405 de bronze e 30 mil certificados de menção honrosa aos alunos mais bem classificados.
fonte: O Globo online

26 de julho de 2005

Para Antonio Rayol do Vox Libre (clique e visite)















Com meu Botafogo em posição confortável, não posso deixar de sugerir que o seu Flamengo, que tem um craque como Junior Baiano, siga o conselho do Vasco....

Visões do Comandante Lula....


24 de julho de 2005

Belém.... Falta apenas mais um final de semana



Já tem gente se preparando para o fim das férias, mas muitos ainda vão aproveitar os últimos dias

Amanhã inicia a última semana de julho. Quem está fora da cidade desde o primeiro dia do mês já pensa em retornar para se preparar ao trabalho ou estudo, mas há os que somente agora terão a chance de aproveitar o verão. E para esses, as praias estão à espera. O lema dos barraqueiros e hoteleiros é: “Quanto mais banhista melhor”. Opções não faltam, e o sol é fiel em ajudar a aproveitar os banhos de mar ou de rio.
Tradicional point do verão paraense, distante cerca de 70 quilômetros da capital, Mosqueiro não perde o seu charme apesar da movimentação de visitantes. É considerada uma das mais belas ilhas fluviais do Pará, com 21 praias de água doce e de ondas. Carananduba, São Francisco, Ariramba, Murubira, Porto Arthur, Chapéu Virado, Farol, Maraú e Paraíso estão entre as mais visitadas, cada uma no seu ritmo. Na praia, vale o bom peixe frito nas diversas barracas padronizadas, e antes de voltar pra casa o cheiro da tapioca da Vila é tentador.Os que gostam do sossego e são adeptos das caminhadas, podem desfrutar das áreas mais ecológicas, entre os igarapés e furos do interior da ilha, que abrigam comunidades que permitem conhecer, além de exemplares da fauna e da flora, a simplicidade da vida ribeirinha.
Encarar a distância e o engarrafamento típico de julho nas estradas não é motivo de desânimo aos freqüentadores de Salinas, que está entre os balneários mais badalados do Pará. Os veranistas que gostam de um banho de mar com águas mornas se esbaldam na praia do Atalaia, onde é difícil até identificar o carro na areia. Ganhando mais espaço nos roteiros de julho, os balneários de Marapanim - Crispim e Marudá - são opções. De natureza diversificada, o Crispim tem 16 quilômetros de praia com dunas, pés de ajuru, caju e flores do campo, além das áreas de mangue e dos lagos. Já Marudá é a mais urbanizada. O fluxo para esta praia forçou a empresa que explora a linha que sai de Belém a colocar ônibus extras. Descoberta pelos jovens, a ilha de Maiandeua, conhecida como Algodoal, virou point neste verão. Antes freqüentada apenas pelos aventureiros, a pequena vila de pescadores tem recebido milhares de visitantes.
(extraído do jornal O Diário do Pará)

21 de julho de 2005

Moradias, sonhos de consumo?



Podem ser seguras, lindas, extravagantes, bucólicas, ideais para viver um grande amor....







E a brincadeira com nossos filhos no quintal? O churrasco, futebol e happy com os amigos? Será que o isolamento vale a pena?

20 de julho de 2005

Amigos que dão presente, valeu Fogão!!!

Acabamos de chegar da Arena na Ilha onde o Glorioso presenteou seus amigos torcedores com uma belíssima vitória, de virada.
Bateu a Ponte Preta por 4 a2, gols de Túlio (foto), Cesar Prates - Saci, Alex Alves e Bill.
Como canta Beth Carvalho, "Esse é o Botafogo que eu gosto... Esse é o Botafogo que conheço..."

Meus amigos, meus anjos da guarda!


Desejos

Desejo a você
Fruto do mato
Cheiro de jardim
Namoro no portão
Domingo sem chuva
Segunda sem mau humor
Sábado com seu amor
Filme do Carlitos
Chope com amigos
Crônica de Rubem Braga
Viver sem inimigos
Filme antigo na TV
Ter uma pessoa especial
E que ela goste de você
Música de Tom com letra de Chico
Frango caipira em pensão do interior
Ouvir uma palavra amável
Ter uma surpresa agradável
Ver a Banda passar
Noite de lua Cheia
Rever uma velha amizade
Ter fé em Deus
Não Ter que ouvir a palavra não
Nem nunca, nem jamais e adeus.
Rir como criança
Ouvir canto de passarinho
Sarar de resfriado
Escrever um poema de Amor
Que nunca será rasgado
Formar um par ideal
Tomar banho de cachoeira
Pegar um bronzeado legal
Aprender um nova canção
Esperar alguém na estação
Queijo com goiabada
Pôr-do-Sol na roça
Uma festa
Um violão
Uma seresta
Recordar um amor antigo
Ter um ombro sempre amigo
Bater palmas de alegria
Uma tarde amena
Calçar um velho chinelo
Sentar numa velha poltrona
Tocar violão para alguém
Ouvir a chuva no telhado
Vinho branco
Bolero de Ravel
E muito carinho meu.
Carlos Drumond de Andrade

19 de julho de 2005

Da série curiosidades.....


Este aí da foto é o 'Dual View', televisor de cristal líquido que a Sharp se prepara para lançar no mercado mundial, capaz de mostrar imagens diferentes para quem estiver assistindo.
Enquanto você navega na web sua esposa pode assistir TV, para isso é preciso olhar a partir da direita ou a partir da esquerda, nunca de frente.
O preço deverá ser o dobro do de um televisor com tela de cristal líquido.
jornal O Dia online

17 de julho de 2005

Uma vida de palhaçadas


Carequinha festeja seus 90 anos de idade e 85 de profissão em apresentação na Praça Tiradentes

Élcio Braga
É do Carequinha que elas gostam mais. O palhaço mais querido pela criançada completa nesta segunda-feira 90 anos de idade e 85 de profissão. O artista comemorará a data com o respeitável público às 10h30, em show na Praça Tiradentes, no Centro. Perguntar se alguém vai deixar de rir é piada.
A festa do palhaço camarada começa com o esquenta preparado pelos colegas As Marias, Os Brothers, Cherém e Carequita, a caçula na arte da alegria, com 8 anos. Carequinha lança ainda o CD 90 anos de espetáculo, com 15 faixas de músicas bem-humoradas. Tanta festa o faz rir de orelha a orelha: a agenda está repleta de shows até dezembro.
Padrasto selou o futuro com fantasia no aniversário
Em 18 de julho de 1920, no aniversário de 5 anos, ele ouviu o padrasto, o apresentador Osório, sentenciar o seu futuro, depois de lhe colocar uma touca na cabeça: “De hoje em diante, você será o Carequinha”.
O destino se desenhava desde o seu nascimento, na barraca de um circo, cinco anos antes em Rio Bonito, numa das paradas do circo da família.
O palhaço fazia a criançada se escangalhar de tanto rir nas andanças pelo País. Ganhou destaque ao integrar a programação inaugural da TV Tupi, em 1951. A fama cresceu em 16 anos na televisão. Virou lenda nacional.
Foi aí que aconteceu o que considera uma das maiores emoções de sua vida. Ao desembarcar em Florianópolis, percebeu que mais de três mil crianças esperavam o palhaço. “Me maquiei rapidamente no avião. Quando saí, as crianças gritavam muito”, recorda.
Sem a maquiagem, ele é George Savalla Gomes: casado, quatro filhos, cinco netos e quatro bisnetos. Morador de São Gonçalo desde 1937, ele abandonou o terceiro ano de Direito para se dedicar exclusivamente ao circo. O palhaço mais famoso do Brasil preferiu o compromisso com a alegria.

Curiosidades
Nascimento: “Minha mãe era artista. Ensaiava sobre o arame quando sentiu as primeiras dores do parto. Nasci na barraca”.
Irmãos Savalla: os dois casais de irmãos formavam o grupo circense. Ele perdeu o pai quando tinha apenas 1 ano.
Prato preferido: “Gosto de comida de pobre: arroz, feijão, farinha, carne e batata frita.”
Santo: “Sou católico, devoto de Nossa Senhora Aparecida.”
Mania: “Futebol. Não perco um jogo na TV.”
Bozo: “Não era nem palhaço, mas um apresentador de TV pintado.”
Gerações: “A criança é sempre a mesma. Faço shows para crianças e adultos. Quantas vezes vi mamãe chorar ao se lembrar de mim nos programas da TV?”
Xuxa: “Inventaram que saí da TV Manchete por causa dela. Sai porque não agüentava mais gravação. Sempre fomos amigos.”
Herdeiro: “Meu substituto é Gabiroba, meu bisneto de 6 anos. Guarde bem esse nome. Vou lançá-lo”.

Copiado do jornal O Dia

16 de julho de 2005

Trava para garrafas frustra quem quer filar uma bebida

O KwikTop transforma as garrafas em uma espécie de cofre. Trata-se de uma "fechadura" que, colocada sobre a boca delas, permite que apenas os que tenham a senha para destravá-la acessem o seu precioso conteúdo. Ela se parece com uma tampa um pouco maior que o normal, e vem com três séries de números que precisam ser combinadas da maneira correta para destravá-la. Isso permite que apenas você tenha acesso a, por exemplo, aquela cobiçada tequila do bar da sua casa.
Mas é claro que a "KwikTop" não serve apenas para controlar o acesso à valiosas bebidas alcoólicas. Há um modelo também para as garrafas de plástico, para que aquela criança com uns quilinhos a mais pare de abusar do refrigerante.
Por enquanto a fabricante, que é sediada na cidade de Melbourne, não colocou a sua invenção à venda. A empresa ainda procura por interessados em distribuir e vender seu produto ao redor do mundo, por isso quem tem problemas com os assaltantes de bares alheios ainda precisará esperar mais um pouco.
por Daniel Lisboa, Magnet

15 de julho de 2005

Curta o Rio através do Alma Carioca


Copiado do site www.almacarioca.com.br
"Sente com a gente para um dedinho de prosa; para partilhar nosso bate-papo com os assuntos de sempre: o amor ao Rio, suas belezas, a generosidade, o bom-humor, o jogo-de-cintura, a musicalidade, tudo enfim que a carioquice tem de bom.
E, quando se for, amigo ou amiga, deixe conosco, do "Alma Carioca", além de seu abraço, o olhar crítico e as sugestões que, certamente, nos ajudarão a tornar este recanto virtual o que ele deseja modestamente ser: um pretexto para louvar nossa Cidade Maravilhosa e para fazer amigos, como você, que nos honra com sua visita.
Estaremos aqui, vendo você ir embora devagar, como num barquinho que desliza no verde do mar do Rio, sob um sol de infinito azul, para voltar em breve e ter uma nova acolhida de braços abertos. "

Trecho da página inicial do excelente site criado por Paulo Afonso de Almeida Teixeira que declara em alto e bom som: "Sou um carioca apaixonado pelo Rio!"

Tomei conhecimento de forma acidental e resolvi incluir aqui por também ser apaixonado pelo Rio e, desta forma, compartilhar com vocês. Vale a pena acessar e divulgar, válido para os que conhecem e principalmente para os que não conhecem a Cidade Maravilhosa, com suas histórias, fotos, crônicas, enfim, com um clique no link ao lado vocês poderão tirar suas próprias conclusões.

De preferência com uma cerveja bem gelada, acompanhando.

14 de julho de 2005

O homem acabando com a vida...

Charge copiada do jornal Diário do Pará, 14/07/05
Fazenda multada por derrubar 90 mil árvores

Hiroshi Bogéa

Uma operação de agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no município de Sapucaia, localizado no Sul do Pará, constatou a devastação de 300 hectares de floresta nativa, uma área equivalente a 300 campos de futebol. O crime contra a natureza ocorreu na Fazenda Flor da Mata, distante 40 kms de Xinguara, cujo proprietário Hermes Antonio Dantas não foi localizado no momento da blitz ambientalista. Foram apreendidos tratores e correntes que estavam sendo utilizados por empregados da fazenda. (extraído do jornal Diário do Pará, para ler toda a reportagem clicar no título)

12 de julho de 2005

Onde estará Silvio Persivo?

Praia de Tambaú


Praia de Tambaba

Fugindo da sua rotina em Porto Velho, nosso amigão Silvio Persivo preparou sua mala (no bom sentido) e foi curtir o Nordeste. Foi visto e reconhecido por sua inconfundível gargalhada em praias da Paraíba. Em qual praia ele fixou sua mesa para saborear os crustáceos e geladas, Tambaú ou Tambaba? Para os que não conhecem as praias, Tambaú é central e Tambaba fica a 25 km de João Pessoa e é de nudismo ou naturismo como preferem os puristas. Ele fará o relato da viagem, para nossa inveja, através do seu blog Jornal Diz Persivo (acesso na coluna Links, ao lado).

10 de julho de 2005

Parintis, a ilha de Tupinambarana, banhada pelo rio Amazonas

Andreas ValentinPosted by Picasa

Tive a satisfação de conhecer Parintins e seu Festival em 1986. Não era a sofisticação cabloca que é hoje, mas a garra, envolvimento e dedicação dos nativos em realizar o que começou como promessa e transformou-se na maior festa da Amazônia já era o espetáculo.
Reparem na organização dos barcos que garantem a hospedagem dos turistas, em numero maior que a população local na época e por causa da festa.
Sucesso Garantido e requintes Caprichosos na organização. Viva o Brasil e seu povo!

Mais fotos, cliquem no título e conheçam o perfil do excelente fotógrafo que retratou este ano e conhece a fundo a região.

7 de julho de 2005

Um cavalo "paraguaio"?

lcfsm Posted by Picasa

Não posso acreditar, após tantos anos penando, que meu time é um cavalo "paraguaio". Começou bem o Campeonato Carioca e não chegou às finais, começou bem a Copa do Brasil e foi eliminado em pleno Maracanã pelo Paulista e agora, após uma série de resultados positivos, chegando a liderar com folga de pontos suficiente para manter a liderança apesar de ser derrotado, acumula uma bordoada atrás de outra. Não tem um único empate até agora, será que é um reflexo da ansiedade de ganhar a qualquer custo?
No domingo vamos jogar contra o Fluminense em Volta Redonda por solicitação da TV Globo. Bebeto abriu mão da torcida na Arena no momento que o time está precisando de apoio.
Vamos ver o que vai dar, torço muito para que a foto seja somente de uma zebra e não de um cavalo "paraguaio".

Imagens...9

lcfsm Posted by Picasa

Imagens...8

lcfsm Posted by Picasa

Imagens...7

lcfsm Posted by Picasa

Imagens...6

lcfsm Posted by Picasa

Imagens...5

lcfsm Posted by Picasa

Imagens...4

lcfsm Posted by Picasa

4 de julho de 2005

Minha gatinha está crescendo....

lcfsm Posted by Picasa

Hoje é dia de alegria para Laiz.
Nossa filha maravilhosa está completando 9 anos, ficando mocinha e cada dia mais linda.
Parabéns! Que Deus continue te abençoando.